domingo, 24 de novembro de 2013

Memória dos Paladares no I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade - II


Em viagem para o I Congresso Internacional América Latina e Interculturalidade, na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), em Foz do Iguaçu (PR), além da participação no congresso, também foi realizado pesquisa de campo sobre a culinária local, sustentabilidade e meio ambiente.
A usina de Hidrelétrica de Itaipu é uma Usina binacional, foi construída no Rio Paraná, na fronteira do Brasil e Paraguai e foi construído por ambos em parceria, durante a estadia na cidade de Foz do Iguaçu o grupo de alunos do projeto de extensão Memória dos Paladares visitou a usina em pesquisa de campo. A usina gera energia para ambos os países e é a hidrelétrica com maior produção de energia do mundo, gerando energia para o Brasil e para o Paraguai, sem emitir poluentes.


Foi feita também uma visita ao Parque Nacional, onde fica a maior unidade remanescente da mata Atlântica do sul do Brasil, e é dirigido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação a Biodiversidade. Nele é conservado diversas espécies da flora e fauna brasileira em risco de extinção, e pelo Rio Iguaçu é unido ao Parque Iguazú na Argentina, onde também é preservado diversas espécies da América do Sul.


No I Congresso Internacional da América Latina e Interculturalidade, no dia 7 de novembro de 2013, foi apresentado o trabalho “O programa Memória dos Paladares e as políticas culturais universitárias de extensão”, também foi realizado uma apresentação do Túnel das Sensações e a exposição “Fome de Você” do Projeto de extensão da Universidade Federal do ABC, Memória dos Paladares, para o público presente.
Também foram assistidas as diversas palestra e trabalhos apresentados no congresso, como o “Cultura digital entre os kaiowá: conjunção de intermedialidade de um ponto de cultura em uma escola guarani no centro oeste do Brasil” entre outros.


 A Pesquisa de campo voltada à culinária local revelou uma forte influência árabe nos pratos da região, Foz do Iguaçu possui a maior proporção de população Islâmica do Brasil, e isso se reflete muito nos restaurantes locais, onde se vê vários restaurantes árabes. Dentre os pratos da culinária árabe, Shawarma, Esfiha e Kafta foram experimentados. Das comidas regionais a carne se destaca bastante, principalmente pelo tempero forte. O shawarma e a Kafta são pratos bastantes semelhantes. Os ingredientes  Pão Árabe,  Creme de Alho e alface vão em ambos, a verdadeira diferença sem encontra nos recheios e tamanho dos pratos. O Shawarma pode ser recheado com carne, frango ou ambos.












Postado por: Felipe Silva dos Santos, discente do Bacharelado de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do ABC e voluntário do Projeto de Extensão Memória dos Paladares.