segunda-feira, 16 de setembro de 2013

II Encontro - Memória dos Paladares no Festival de Inverno de Paranapiacaba - 1° Final de Semana - 13 e 14 /07/2013

      Primeiramente gostaria de pedir desculpas aos caros leitores que nos acompanham pela demora da atualização. Felizmente o Projeto de Extensão Memória dos Paladares está executando muitas atividades, dentro e fora da Universidade Federal do ABC e acabou ocorrendo um leve descuido por partes desta que vos escreve.

      Bem, hoje venho compartilhar aqui as impressões de sobre as atividades realizadas no primeiro final de semana em que o Projeto esteve no festival de inverno de Paranapiacaba, escritas por Letícia Oldal que foi por um breve período voluntária e posteriormente bolsista. 

      “Paranapiacaba pertence à cidade de Santo André e apresenta grande importância histórica. Possui enorme influência inglesa, marcada principalmente pela ferrovia e pelo relógio, muito similar ao Big Ben, em Londres.

      Trata-se de uma pequena vila, um pouco afastada de Santo André. As construções são antigas, muitas feitas de madeira. A cidade tem um charme especial em dias nublados, onde parece realmente uma cidade inglesa antiga.

Casa Fox.

       O Festival de Inverno de Paranapiacaba reúne diversos nomes da música brasileira. Tem espaço tanto para nomes já conhecidos do público, como para novos artistas. Além disso, acontecem diversas exposições, como de fotografias, documentários, artesanatos, comidas e bebidas fabricadas por pequenos produtores da região, entre outras.
          
      O Projeto Memória dos Paladares se encaixou bem na atmosfera que o festival proporcionou. Foi uma experiência interessante, que atraiu a curiosidade das pessoas, além de divertida. No primeiro final de semana em que fomos, expomos o painel de fotos intitulado Fome de Você, feito para o dia dos namorados, onde eram apresentadas diversas fotos de casais realizando refeições juntos. Além disso, realizamos a intervenção Túnel das Sensações, onde as pessoas eram vendadas e desafiadas a descobrir quais eram os temperos através do tato e do olfato.

Organização do Túnel das Sensações no 1º Final de Semana.

Bolsista João vendando visitantes.

      As pessoas entravam na Casa Fox, onde nós estávamos instalados, já olhando para os potinhos de tempero. Nós falávamos um pouco sobre o projeto e sobre a intervenção e todas ficavam animadas para participar. Casais que estavam juntos desafiavam um ao outro, e até crianças toparam a brincadeira! Foi muito divertido, e principalmente muito bom ver o interesse das pessoas em saber mais sobre o nosso projeto!

Letícia realizando atividade com os visitantes.

Crianças também participaram da brincadeira.

      Como voluntária que acabou de chegar para participar do projeto, posso dizer que a experiência foi muito boa. Foi ótimo falar sobre a UFABC e sobre os rumos que o Memória dos Paladares está tomando agora. As pessoas realmente queriam saber mais, queriam entender o propósito do projeto, os seus objetivos e a intenção da intervenção, além que participar da brincadeira, é claro!"

Letícia Oldal à esquerda e visitantes.


Postado por: Ana Sueling Alves Diniz, historiadora formada pela Universidade do Grande ABC , aluna do Bacharelado de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do ABC e bolsista do Projeto de Extensão Memória dos Paladares.